Categorias
Novo Testamento

Lucas 6

Num sábado qualquer, enquanto passavam perto de umas plantações de milho, seus discípulos iam colhendo e comendo. Os crentes, quando viram isso, questionaram os caras. Pois fazer qualquer tipo de serviço no sábado era proibido pela Lei religiosa.

Jesus respondeu a eles: “Pô galera, até o rei Davi pegou pra comer o que tinha à mão. Inclusive na casa de Deus, com rango que nem era pra ele. Entendam que eu é que mando no sábado!”.

Num outro sábado, apareceu um sujeito com a mão defeituosa, enquanto Jesus ensinava no templo. Pra ensinar o princípio pra galera, Jesus pediu pra ele ficar em pé no meio de todos. Então perguntou: “No sábado podemos fazer o bem ou fazer o mal? Devemos salvar ou matar pessoas?”.

Diante do silêncio da galera, disse: “Estica o braço aí, dom”. E o cara esticando a mão, percebeu que tinha sido curado.

Os crentes ficaram putos da vida. E começaram a pensar numa maneira de se livrarem de Jesus.

Alguns dias depois, Jesus subiu num morro pra orar a noite toda. E no dia seguinte chamou seus discípulos. Eram eles Simão (que passou a ser chamado de Pedro), seu irmão André, Tiago, João, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, outro Tiago, outro Simão, Judas (irmão de Tiago) e o Judas Iscariotes (que acho que foi quem fundou o Palmeiras, se não me engano).
Descendo o morro com eles, percebeu o tanto de gente que os estavam esperando para serem curados. Só de encostarem em Jesus já eram curados. Até os encapetados eram libertos assim, facinho facinho. Diante desse cenário, Jesus começou a ensinar o povão:

“Fiquem felizes vocês que são pobres, porque o reino de Deus é de vocês.”

“Fiquem felizes vocês que tem fome hoje, porque vão comer do bom e do melhor no futuro.”

“Fiquem felizes vocês que choram, porque terão muitos motivos pra rir no futuro.”

“Fiquem felizes quando as pessoas odiarem vocês, quando os atacarem para os enfraquecer, xingarem e disserem que vocês não prestam por causa das minhas coisas. Relaxem e gozem nesse dia, porque vocês serão recompensados no céu, da mesma maneira que os profetas que foram perseguidos antes de vocês também foram.”

“Coitados dos ricos, porque já receberam mais do que é suficiente!”

“Coitado de quem tá até enjoado de tantas coisas que tem, porque irão sentir a dor de não ter o que comer.”

“Coitado de quem fica aí soltando gargalhadas, porque vai chegar a época em que irão chorar muito.”

“Coitado de quem só é elogiado pelos homens, porque os seus antepassados fizeram o mesmo com os falsos profetas.”

“Vocês agora irão fazer diferente. Irão amar quem os consideram inimigos, fazer o melhor por quem odeia cada um de vocês. Falem bem de quem fala mal de vocês, orem por quem inventa mentiras a seu respeito.”

“Se alguém te der um tapa na cara, vira e oferece o outro lado pra apanhar também. E se alguém tentar te tirar a camisa, entrega as calças também. Quem te pedir algo, entregue logo. E se alguém tomar as suas coisas, nem perca seu tempo pedindo elas de volta.”

“Da mesma maneira que querem ser tratados pelas outras pessoas, tratem os outros. Porque qualquer bunda-mole sabe fazer o bem para seus amigos. Quero ver é fazer o bem pra quem não te ama e nem merece o seu favor. Se vocês são mesmo filhos de Deus, façam igual a Deus, que faz coisas boas até pra pessoas ruins. Ser filho de Deus é entender que devemos ser misericordiosos igual o pai é.”

“Cuidado com os julgamentos que fazem, pois se os evitarem, eles não serão usados contra vocês mesmos. Cuidado com as condenações que fazem às outras pessoas, porque vocês serão condenados pelos mesmos critérios. Quem for generoso em libertar os outros, também será libertado.”

“Sejam generosos e a generosidade infinita do pai será dada a vocês.”

E contou uma de suas histórias: “Faz sentido um cego guiar outro cego pelo caminho? Claro que os dois vão acabar caindo em algum buraco. Entendam que um discípulo não é melhor que o seu mestre. Mas ser perfeito é ser igual.”

“Cuidado ao apontar cisco no olho dos outros, porque no seu olho tem uma trave de futebol enfiada. Não é hipocrisia demais um cara com uma trave enfiada na cara querer ajudar outro a tirar um cisquinho de nada?”

“Não tem árvore boa que dê fruto ruim e nem árvore ruim que dê fruto bom. Ao invés de ficarem julgando precipitadamente as coisas, observem bem os frutos que cada um produz. Uma pessoa boa tira coisas boas do seu coração. Uma pessoa má, só fala merda, pois a boca fala do que o coração está cheio.”

“E parem de me chamar de ‘Senhor’, pois vocês ficam aí nessa puxação de saco, mas não fazem o que eu mando!”

“Quem ouve as minhas palavras e as obedece é igual um cara que fez uma casa em cima de uma pedra. Nem enchente, nem furação e nem nada pode derrubar a construção. Mas quem me chama de ‘Senhor’ e não obedece o que eu digo, é como quem faz uma casa sem fundamento. No primeiro vento ou chuva, desliza pelo morro e termina interditada pela Defesa Civil por falta de segurança.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Faz a conta aí pra evitar Spam + 61 = 69