Categorias
Novo Testamento

Lucas 20

Num dia qualquer, vieram os religiosos que se achavam as últimas bolachas do pacote em teologia pra questionarem quem que tinha dado autoridade a Jesus pra ele fazer as coisas sinistras que fazia. E como ele não era otário, respondeu com outra pergunta: “Me digam primeiro se o batismo que João Batista fazia era algo que Deus mandou fazer ou pura insanidade dele mesmo”. Os bundões não tinham coragem de responder, por medo de terem que reconhecer que João era “o cara”, ou de apanharem do povo que era fã de carteirinha de João. E Jesus completou: “Vocês não respondem minha pergunta, então não respondo a de vocês! HÁÁÁÁÁÁÁÁÁ!”.

Também contou uma história pra esculhambar com os caras: “Um homem tinha uma empresa, mas como ia viajar por muito tempo, arrendou o negócio pra outras pessoas tomarem conta. Na época de receber o pagamento pelo arrendamento, mandou funcionários. Mas os que arrendaram deram uma surra neles e não pagaram nada. Depois disso acontecer várias vezes, o dono da empresa mandou seu filho pessoalmente pra ver se aí respeitariam o patrão. Mas os pilantras mataram o seu filho. Sabem o que o dono da bagaça vai fazer com estes caras? Vai fazer picadinho deles. Bambu debaixo da unha vai ser refresco perto da dor que irão sentir! E a empresa vai ser passada pra outras pessoas mais dignas”.
E Jesus falou sobre si mesmo: “A pedra que disseram não servir pra ser usada nessa construção que vocês fazem, essa é a pedra principal da obra de Deus! Quem cair nela, tá ferrado. E se ela cair em cima de alguém, não vai sobrar nada!”.

Os religiosos ficaram putos da vida e saíram dando chilique igual em novela mexicana do SBT. Mas como tinham medo da reação do povo, acabaram bundando e não fizeram foi nada. Aí mandaram uns stalkers pra ficarem estudando Jesus e tentarem esculhambar com ele no Youtube e nas redes sociais com alguma coisa errada que ele dissesse. E os stalkers perguntaram:

“Aí Jesus, sangue bom! Tamo ligado que você só manda as letras aprumadas e tal. Mas explica aí: devemos pagar impostos?”. Como Jesus era macaco velho, não caiu na conversa fiada dos caras. E respondeu: “Por que falam comigo como se eu fosse um tontão? Quem fez a moeda não foi a Casa da Moeda? Então deem pro governo o que é dele. E deem pra Deus o que é de Deus”. Essa palavra acabou por tapar a boca dos caras no ato! (Mas infelizmente você nunca verá ninguém usar esta passagem na hora de tirar dízimo e oferta nas igrejas).

Chegando outra raça de religiosos pra perturbar (essa era de um tipo que não acreditava que os mortos viveriam novamente no final do mundo), questionaram Jesus sobre quem seria casado com uma mulher que em vida foi casada mais de uma vez. E Jesus respondeu: “Vocês não entenderam foi nada mesmo heim! No céu o esquema é outro. Sexo é apenas uma sombra daquilo que existe na eternidade! Lá a unidade vai ser plena e as pessoas não precisarão ser casadas pra viver isso. Serão todos como os anjos! Lá não tem morte e nem essas coisas temporárias da existência humana. Prestem atenção e percebam que Deus é Deus de gente viva e não de gente morta. A vida de verdade é lá!”. E a galera teve que reconhecer que não dava pra bater Jesus no debate. Ele sabia o que estava dizendo.

Jesus aproveitou que tava por cima na discussão e perguntou pra eles:

“Como que Cristo é filho de Davi se o próprio Davi chama ele de Senhor lá no livro dos Salmos?”. E eles não sabiam responder, pois era incoerente um pai chamar ao filho de “senhor”. Aí Jesus nadou de braçada: “Fujam dessa galera que posa de crente, querem se vestir e falar com todo pudor possível, adoram ser reconhecidos como grandes homens de Deus e sentarem em lugares especiais em cultos e conferências. Eles só querem é se aproveitar das outras pessoas, mesmo que pra isso finjam que tem interesses em colaborar com as coisas espirituais. Tenham certeza que essa raça de pilantras vai se ferrar bonito. Temos um lugarzinho especial reservado pra eles. E é queeeente!”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Faz a conta aí pra evitar Spam + 60 = 68