Lucas 5

02/03/2013

Enquanto o povão apertava Jesus contra o lago de Genesaré pra ouvir as coisas de Deus, se aproximaram de uns pescadores que estavam com seus barcos por ali. Já que estavam lavando as redes e os barcos parados, subiu no barco de Simão e se afastou um pouco da praia pra poder falar com todo mundo sem ser pressionado.

Terminando de ensinar aquela loucura toda pro povão, disse pro Simão pegar as redes e ir pescar novamente. Simão já tinha trampado a noite inteira e nem tinha pescado nada. Mas, sabe lá Deus por que, confiou no que Jesus falou e jogou as redes de novo na água.

Quando foram puxar as redes, tinha tanto peixe nelas, que quase que elas se rasgaram. Aí começaram a assoviar e chamar os outros barcos pra ajudar a puxar aquilo tudo. Os barcos quase afundaram, de tanto peixe que pescaram.

Ao voltarem pra praia, Simão se jogou nos pés de Jesus e dizia: "Senhor! Se tem um cara que não merece estar perto de um homem santo, esse cara sou eu.". Tiago e João, que também estavam pescando ali fizeram o mesmo. E Jesus disse pra Simão: "Fica sussa, por que de agora em diante você vai pescar pessoas."

Depois de levarem os barcos pra terra, largaram tudo lá mesmo e o seguiram.

Numa cidade ali perto, um homem muito doente, cheio de perebas no corpo todo veio de encontro a Jesus. E se jogou no chão, com a cara esfregando na terra, enquanto gemia: "Senhor, se você quiser pode dar um jeito em mim!". Jesus, contrariando a tradição religiosa da época, encostou no cara e ele foi curado na mesma hora. Os religiosos tratavam os doentes como se fossem gente amaldiçoada, mas Jesus fez diferente.

Também disse Jesus pro cara que não era pra sair fazendo propaganda do milagre. Era apenas pra cumprir o que a lei dizia, ou seja, se mostrar pro sacerdote e dar uma oferta lá no templo em agradecimento a Deus.

Mas não tinha como esconder as coisas que Jesus fazia do povão. Cada vez mais pessoas ficavam sabendo dessas histórias, e cada vez mais gente se juntava pra ouvi-lo e ser curado. Jesus passou a ficar mais nos lugares desertos, pra fugir um pouco da muvuca.

Num dia qualquer, estava ensinando o povão quando uns pastores e teólogos que vieram das cidades da região estavam por perto. Nisso, chegou um sujeito que que tinha paralisia e, não conseguindo passar pelo meio das pessoas, seus amigos resolveram descer ele pendurado por cordas pelo telhado. Quando Jesus viu aquela atitude, já soltou: "Homem, se você tinha alguma dívida com Deus, tá perdoada. Seus pecados não são mais problema.". Os pastores e teólogos já começaram a rodar a baiana, questionando o fato de que ninguém a não ser Deus pode perdoar pecados.

Como Jesus sacou a maldade quando ainda era só um pensamento na cabeça dos manés, já virou e disse: "Ô cambada! É mais fácil eu dizer que perdoo os pecados desse coitado ou fazer ele ser curado e sair daqui correndo? Pra vocês deixarem de ser boca-dura, vou esculhambar tudo aqui agora". E virando-se pro que tinha paralisia, disse: "Filho, levanta esse traseiro fétido dessa cama e vaza. E não esquece de levar a cama heim!". E o sujeito levantou, sacudiu a poeira, deu a volta por cima e foi pra casa pulando de alegria, com aquela cama que antes estava deitado na mão. E o povão piravaaaaaaa naquilo tudo, tendo consciência de que tinham visto algo inédito.

Saindo dali, Jesus encontrou um cara que trabalhava na Receita Estadual chamado Levi e o chamou pra segui-lo. Ele na mesma hora abandonou o trabalho e foi junto. Naquele dia Levi fez um baita de um jantar fino na sua casa, tendo chamado tudo quanto é gente corrupta que trabalhava com ele.

Os crentes e teólogos da região questionavam o fato de Jesus ir na casa de gente pecadora pra participar de um jantar com eles. Mas Jesus respondeu: "Ó. Quem precisa de médico é quem tá doente. Não vim perder tempo com quem é realmente bom, mas vim pra fazer gente ruim encontrar salvação através do arrependimento de verdade."

Então os religiosos questionaram o fato deles estarem sempre comendo, enquanto que os discípulos de João e, inclusive eles mesmos, estavam sempre de jejum. E Jesus respondeu: "Vão jejuar pra Deus enquanto estão andando com ele? Não faz sentido algum isso. Quando estiverem andando por conta própria, aí jejuarão igual a vocês. E já vou avisando que vocês precisam mudar sua maneira de ver a vida. Não dá pra remendar essa religião de vocês com conceitos novos. Precisamos é de tudo novo daqui pra frente. Se tentarmos remendar as coisas velhas, vai virar merda."

"Ninguém guarda vinho novo que ainda nem fermentou em barris velhos, cuja madeira já cedeu tudo que dava pra ceder. É claro que o vinho vai estourar o barril, derramando o vinho e fazendo a maior lambança. Vinho velho fica guardado quietinho lá no barril velho. E pra vinho novo, vamos descolar uns barris novos."

"Embora eu esteja aqui falando da importância do vinho novo, prestem atenção e percebam que o vinho velho é excelente. Quem bebe dele, nem vai achar que precisa de algo novo. Faz parte."

Ariovaldo Jr - contato@bibliafreestyle.com.br

COMPARTILHE: