Lucas 24

21/03/2013

No domingo bem cedinho já foram as mulheres pra aplicar os produtos no cadáver de Jesus. Coisa de mulher mesmo, pois cadáver fede de qualquer jeito. Mas chegando lá a pedra que tampava a entrada estava removida. Entraram correndo e PUFT! Cadê o defunto? Tinha sumido!

Enquanto elas pensavam se ligavam pra polícia ou se iam no setor de achados e perdidos, apareceram duas pessoas que brilhavam muito. Não, não eram os vampirinhos emo da série Crepúsculo. Eram dois anjos. Elas obviamente se mijaram de medo. E os anjos disseram: "Pra que tão procurando gente viva em túmulo? Tão ficando loucas é? Jesus tá vivo. Ele avisou lá na Galiléia o que ia rolar."

Aí as mulheres saíram de lá todas serelepes com as boas notícias. Uma pena que naquela época testemunho de mulher não valia nada. Por isso os discípulos de Jesus nem deram muito moral quando ouviram a história. Pedro foi o único mais desconfiado que foi lá pra ver o túmulo e conferiu que Jesus não tava lá mais. Mas mesmo assim ainda vacilou um pouco.

Mais tarde, no mesmo dia, dois deles tavam caminhando pra uma cidadezinha minúscula ali perto chamada Emaús. Entretidos com o bate papo, um terceiro homem chegou e foi puxando conversa. E eles nem perceberam que o terceiro homem era Jesus. Ele perguntou por que estavam tristes e os dois comentaram que era um absurdo alguém não ter ouvido o que aconteceu com o tal de Jesus.

E Jesus disse: "Ô seus burros! Que coraçãozinho lerdo vocês tem pra acreditar no que os profetas falaram heim! Eu não avisei que ia dar um rolê pelo caminho do sofrimento antes de entrar na minha glória?". E aí Jesus explicou o lance todo de como todas as Escrituras apontavam para este seu plano perfeito (e sinistro) de salvar a humanidade dando sua própria vida.

No final do dia convidaram Jesus pra filar um rango esperto antes de vazar. Então se sentaram pra comer. Aí Jesus fez um lance mágico (não sei como funciona, só sei que pra mim pareceu mágica) e os caras imediatamente perceberam quem ele era. Bem na hora que ele repartiu o pão, a galera sacou tudo. E naquela hora ele desapareceu na frente de todos. Nem o Mister M entendeu como isso aconteceu. Mas aconteceu!

Comentaram então entre si sobre como eles tinham sentido o coração queimar enquanto tomavam bronca daquele desconhecido. Então voltaram pra comentar isso com os demais. Chegando lá, Pedro já tinha encontrado com Jesus pessoalmente. Enquanto contaram a sua história, Jesus apareceu bem no meio deles.

Se alguém ali tivesse problema cardíaco, tinha empacotado na mesma hora. Jesus percebendo o susto da galera disse: "PEGADINHA DO MALANDRO! SALCIFUFU!". Na verdade ele não disse isso não, mas eu precisava por uma referência ao Sérgio Malandro em algum lugar deste Evangelho. O que Jesus disse de verdade foi: "E aí galera! Fiquem na boa! Sou eu mesmo... podem vir aqui relar em mim pra verem que eu tô vivo mesmo em carne e osso". Aí Jesus bateu um rango esperto com a turma e explicou:

"Lembra que eu falei que as coisas precisavam acontecer desse jeito? Pois eu vim pra sofrer, morrer e ressuscitar". E naquela hora a galera toda passou a entender as Escrituras.

"Era preciso que rolasse isso tudo pra que em meu nome se ensinasse arrependimento e perdão de pecados no mundo inteiro, começando por aqui. Vocês são as testemunhas vivas disso. Fiquem em Jerusalém por que o Pai preparou um presente pra vocês".

Então Jesus foi pra fora e abençoou a galera. E saiu voando pro céu, igual o Neo no final de Matrix 1 (nos outros também aconteceu, mas prefiro fingir que só existe o primeiro filme).

A galera sentiu verdadeira adoração por Jesus e voltaram super alegres pra Jerusalém. E viveram todos os dias no templo, dizendo coisas maravilhosas sobre Deus às pessoas. E sem por nem tirar, foi assim que tudo aconteceu.

E AQUI TERMINA O EVANGELHO DE LUCAS. SE VOCÊ FOI ABENÇOADO COM ESTA HISTÓRIA, COMPARTILHE SUA HISTÓRIA NOS COMENTÁRIOS OU POR EMAIL.

Ariovaldo Jr - contato@bibliafreestyle.com.br

COMPARTILHE: