Lucas 22

19/03/2013

A Páscoa tava chegando. Não, não era a época em que o coelhinho trazia ovos de chocolate, mas a festa onde celebravam a saída da escravidão do povo de Deus no Egito.

Os religiosos tavam loucos pra matar Jesus, mas tinham um cagaço do povo e por isso não sabiam como fazer. Aí o capeta entrou em Judas Iscariotes (que era um dos discípulos) e ele pilantrou geral. Foi oferecer aos que perseguiam Jesus uma oportunidade de entregá-lo. Tudo por dinheiro.

Chegando a Páscoa, Jesus mandou Pedro e João irem descolar um lugar pra fazerem a ceia. E Jesus disse que era pra procurarem um homem carregando uma lata d'agua na cabeça e irem até a casa que o sujeito for. Lá diriam que "O mestre pediu o lugar pra fazer uma jantinha com seus discípulos". E foi dito e feito. Acabaram preparando tudo lá.

Na hora do rango, sentaram todos na mesa com Jesus. Não, não sentaram todo mundo de um lado só da mesa, por que não tinha câmera fotográfica pra bater a foto. E Jesus disse: "Paquitos, eu não via a hora de sentar pra rangar na Páscoa com vocês antes de eu me ferrar. Aproveitem, por que não vão ter outra oportunidade destas até o Reino de Deus chegue pra valer".

Aí ele pegou um copão de vinho, agradeceu ao Pai e foi passando pra galera dar um gole. E disse: "Peguem e repartam entre vocês. Não beberão mais desta fonte até que venha o Reino de Deus". Pegou também o pão, agradeceu ao Pai e também repartiu pra todos os presentes. E disse: "Esse pão representa o meu corpo que está sendo dado por vocês. Façam o mesmo em memória de mim".

Também disse Jesus: "Já vou avisando que o X-9 que vai me caguetar está na mesa comigo. E tá tudo bem, porque eu tenho que morrer mesmo, mas coitado do safado que vai me trair."

A galera ficou preocupada com essas palavras e começaram a perguntar quem deles afinal seria. E também discutiam sobre quem deles seria o mais importante. Jesus já cortou a galera no ato: "Nesse mundo os reis e presidentes dominam a vida das pessoas e tem autoridade sobre elas. Mas entre vocês as coisas serão diferentes. Quem quiser ser importante, vai ter que dar mais da sua vida. Quem senta na mesa não é mais importante do que o garçom? Pois eu tenho sido o garçom na vida de vocês. Aprendam isso e faça, igual."

"Vocês tem ficado comigo na hora do aperto e eu estou passando pra vocês o Reino, da mesma maneira que recebi do meu Pai. Vão se sentar na minha mesa VIP lá no céu, em tronos pra julgarem as doze tribos de Israel."

"Simão, brother. O diabo pediu pra transformar sua vida em um playground do inferno. Mas eu pedi pela sua vida, pra sua fé não vacilar. Quando você se converter de verdade (ai!), ajuda os seus irmãos."

Nisso ele respondeu: "Tô pronto pra se preso ou morrer com você Jesus. Pode contar comigo! Missão dada é missão cumprida!". Mas Jesus disse: "Pedro, você não sabe o que tá falando. Hoje ainda o galo não vai cantar antes que você negue me conhece três vezes."

E completou seu discurso com mais instruções: "Quando eu mandei vocês irem pelo mundo sem grana extra, sem espada ou roupa sobressalente, por acaso faltou alguma coisa? Não né. Mas agora façam diferente. Quem tiver algum troco na carteira, segure firme. Vivam com as malas prontas e se não tiverem espada, comprem uma. Eu vou ser contabilizado no meio dos bandidos, conforme as Escrituras já haviam previsto."

Os discípulos então comentaram que tinham duas espadas (pelo jeito não tinham entendido era nada). E Jesus disse que tava bom.

Como fazia sempre, Jesus saiu pra orar no Monte das Oliveiras. Lá ele deu instruções pra galera orar também pra não caírem em tentação, mas como os caras não entenderem direito do que se tratava acabaram dormindo. Jesus de joelhos orava dizendo: "Paizinho, se o Senhor quiser aliviar o meu lado, eu topo na hora. Mas que a sua vontade seja feita e não a minha. Eu vim pra fazer o que Senhor quer". E um anjo do céu apareceu pra lhe dar ânimo. Enquanto orava, entrava numa agonia maior ainda, a ponto de escorrer sangue no suor que descia de seu rosto (coisa típica de quem tá pra sofrer um infarto).

Aí desceu e pegou todo mundo no flagra dormindo. Acordou a todos e disse: "Tão dormindo? Levantem e orem pra não caírem em tentação!". Nisso já chegou um grupo de pessoas. E no meio delas estava Judas X-9 Iscariotes, que chegou bem perto e lhe deu um beijo.

Jesus disse: "Você tá me traíndo com um beijo, Judas?". E os outros discípulos já tentaram posar de machos na hora, pegando a espada e cortando a orelha de um estagiário dos líderes religiosos. Jesus mandou os discípulos ficarem quietos e curou a orelha cortada do pobre do estagiário (que desde sempre só se ferram no serviço).

Confrontando os religiosos, disse: "Eu ensinava no templo de vocês todos os dias, mas vocês preferiram vir no meio da noite com paus e armas, como se fossem prender um ladrão? Aproveitem que tá na hora de vocês mesmos, a hora das trevas mostrarem o que podem fazer."

Prenderam então Jesus e o levaram na casa do líder religioso. E Pedro ia de longe espiando. Mas rapidamente foi reconhecido por uma mulher que estava por perto, mas ele negou que conhecesse Jesus. Depois outra pessoa o reconheceu, e ele novamente negou tudo. Quando uma terceira pessoa reafirmou que o tinha visto com Jesus, Pedro o negou pela terceira vez o galo cantou na mesma hora.

Naquela hora Jesus olhou pra onde estava Pedro e ele ficou profundamente constrangido por que se lembrou que ele havia dito que isso iria acontecer. Pedro vazou fora chorando amargamente.

Os que prenderam Jesus o espancavam. E zombavam dele dizendo que ele deveria profetizar quem é que tinha dado as porradas.

Assim que clareou, o levaram pra ser interrogado pelo conselho dos religiosos. E perguntavam se ele era mesmo o Cristo, mas Jesus respondeu: "Se eu disse que sim, vocês não vão acreditar mesmo. Já que não vão me soltar e nem mudar de ideia, nem vou perder tempo explicando. De agora em diante vocês me verão sentado à direita do Poder de Deus". E eles perguntaram novamente se ele seria o filho de Deus. Jesus respondeu: "Vocês é que estão dizendo".

Acharam então que não precisavam de mais nada pra poder matá-lo, pois tinham ouvido pessoalmente o que Jesus dizia.

Ariovaldo Jr - contato@bibliafreestyle.com.br

COMPARTILHE: