João 21

23/09/2013

Logo depois aconteceu de Jesus aparecer de novo para os discípulos no barranco do Mar de Tiberíades. Aconteceu assim: A galera estava bolada aí Pedro avisou que ia pescar. Os manos não tinham nada para fazer e foram também. Só que o mar não estava pra peixe e voltaram sem nadica de nada.

Pela manhã quando eles estavam voltando da pescaria, viram um homem na praia. Era Jesus, mas eles não o reconheceram. Daí o Mestre pediu algo para poder comer. Os caras disseram que não tinha nada. Daí o Mestre disse: “lancem a rede ao mar, ali, do lado direito do barco. Lá tem peixe”. Eles lançaram a rede e quase que ela rompeu de tanto peixe.

Quando eles perceberam que era Jesus, ficaram felizes, e Pedro, afobado como sempre, lançou-se em direção ao Mestre. Havia uma fogueira e estavam assando alguns peixes.

Jesus chamou a galera para comer, enquanto eles ficavam encarando o mestre com aquele medo de perguntar se ele era “ele” mesmo.

Jesus partiu o pão e os peixes e distribuiu entre eles. Logo depois de comerem Ele teve um papo-reto com Pedro.
Jesus perguntou:“Você me ama Pedro, me ama mais do que os seus amigos me amam?”

Respondeu Pedro “Sim eu tenho por ti uma amizade profunda, sincera e verdadeira” – Aí Jesus disse: “Então mano, cuida dos meus cordeiros”.

Jesus pergunta outra vez: “Pedrão, você me ama?” – Aí Pedro dá uma passada de mão no cabelo, franze a testa em sinal de que não estava entendendo... e responde: “Sim, o Senhor sabe de tudo, e sabe que tenho por ti um carinho, admiração, amizade muito profunda”. Aí Jesus diz: “Pedrão pastoreia as minhas ovelhas velho”.

Pela terceira vez Jesus diz para Pedro: “Pedro, mano véio, você é meu amigo?” Pedro chateado pela terceira vez que Jesus pergunta a mesma coisa, responde: “Pô mestre, o Senhor sabe de tudo e poxa sabe que eu tenho por ti uma amizade sincera”.

“Pedrão mano querido, quando você era moleque você ia para onde queria, se vestia do jeito que queria, mas quando ficar velho, você vai ser totalmente dependente de outra. Pedrão tamojunto. Ande comigo”. Jesus disse isso para que Pedro soubesse como seriam os seus últimos dias de vida.

Pedro olhou para traz e viu que João andava ali de pertinho. E sabendo como morreria, quis saber também como João morreria. Jesus disse na lata: “não é da sua conta, se eu quiser que ele viva para sempre o que você tem com isso. Cuide de não se desviar do meu caminho e tá de bom tamanho”.

O povão que soube da conversa deu um jeito de dizer que João viveria para sempre... a rádio peão aumenta mas não inventa...

E quem escreveu este evangelho é este cara que era o mais moço entre os discípulos.

Foram tantas coisas que o Mestre fez, mas não deu para registrar tudo. Não haveria papiro no mundo que desse conta do que era para ser registrado.

Valeu, até outra.

João.

Guilherme Burjack - burjack@gmail.com

COMPARTILHE: