João 20

11/08/2013

Domingo cedinho, ainda estava escuro. Madalena foi até ao túmulo onde sepultaram Jesus e o susto foi tão grande quando ela viu a pedra removida, que ela correu ao encontro de Pedro e de João e aos berros dizia: “roubaram o corpo do Mestre! Roubaram o corpo do Mestre!”.

Pedro e João saíram correndo para conferir a história, mas como Pedrão, sedentário, com o joelho estourado e com a sandália escorregando toda a hora, chegou depois de João, que era mais novo, atleta e calçava um tênis da hora. (Isso é liberdade poética considere isso antes de atirar algumas pedras).

Quando João chegou deu uma espiada para ver o que tinha do sepulcro, viu todo o material que cobria Jesus, mas não via o corpo. Pedro chegou, foi logo entrando e também viu os panos que cobriam o Mestre. E viu dobrado em uma parte separada o lenço que cobria a cabeça de Jesus. João tomou coragem e entrou, e foi aí que a ficha caiu: “Pedro! Pedrão! Jesus ressuscitou! Ressuscitou cara!”.

Enquanto Pedro e João voltavam para casa eufóricos com a notícia. Maria Madalena estava ainda no sepulcro chorando. Triste por não compreender o que estava acontecendo, olhou para dentro e viu dois anjos sentados no local onde estava o corpo de Jesus. Eles perguntaram para ela: “Ei filha tá chorando por que?” – “levaram o meu Senhor e não sei onde o puseram” – respondeu Madalena. Ela ouviu barulho de passos e voltou a olhar para fora. E Jesus estava ali bem próximo a ela. Sem que ela percebesse de quem se tratava Jesus perguntou: “Oi, você não me parece feliz, tá chorando muito. O que aconteceu?” – Ela pensou que era apenas um funcionário que cuidava dos túmulos e respondeu: “Por favor moço, se foi você que levou o meu senhor, me diz onde escondeu o seu corpo e devolva! Tenha dó, estou sofrendo muito com tudo isso!”.

Então Jesus afastando-se um pouco dela disse: “Madalena, ainda não se completou tudo que é necessário. Vá até aos nossos irmãos e anuncie que em breve nos veremos”. Chegando ao local onde os discípulos estavam reunidos Madalena avisou aos irmãos que ela havia visto o Mestre.

Na tarde daquele mesmo dia, Jesus foi ao encontro dos discípulos. Ele entrou onde eles estava mocosados, pois os judeus religiosos estavam na captura deles, e os saudou com um “A paz sejam com vocês!” Imediatamente ele mostrou as suas mãos e as costelas perfuradas e os caras gritavam de alegria, afinal seu Mestre ressuscitou e estava ali com eles. E de novo Jesus os cumprimentou com “A paz seja convosco!” E emendou: “Meu Pai me enviou, e também os envio” e soprou neles o Espírito Santo. E passou a tarefa: “se perdoarem os pecados de alguém, estes pecados estarão perdoados. Se não perdoarem eles não estarão perdoados.”

Tomé, o gêmeo, não estava no mocó quando Jesus foi visitar os discípulos. Quando eles viram Tomé todos gritavam com alegria que tinham visto o Mestre, que tinham tocado nele e que ... e de repente ele diz: “Que tipo de chá vocês tomaram? Tão malucos? Eu só acredito nisso se eu mesmo ver” (aqui foi inaugurado o “SÓ ACREDITO VENDO”... e você achando que foi o Silvio Santos que inventou).

E passaram-se sete dias, os discípulos felizes e esperançosos e Tomé... bem, Tomé estava lá, agindo como São Tomé: incrédulo. E neste mesmo dia Jesus aparece outra vez e pede para que Tomé ponha a mão nos ferimentos que ele sofreu na cruz. Nesta hora Tomé ficou branquinho da Silva e apavorado pela sua estupidez clamou: “Senhor, Senhor você é o meu Deus!” – Jesus disse a ele: “Ê, ê, Tomé...meu amigo Tomé. Só porque me viu você creu? Você não tem noção o quanto serão benditos os que não viram e creram.”

Jesus realizou tantos milagres que não dá para anotar tudo. Mas alguns foram registrados para que vocês sejam como aqueles que creem sem precisar ver. Pois Jesus é o Cristo, o Filho de Deus e crendo nisso vocês passem a ter uma nova vida em seu Nome.

Guilherme Burjack - burjack@gmail.com

COMPARTILHE: