Hebreus 13

23/07/2017

Que sobre em nós o amor que se importa com os irmãos. Não se esqueçam de que ser hospitaleiro (recebendo pessoas em casa com o maior prazer) é nosso dever, e que alguns sem saber hospedaram anjos. Lembrem-se também dos que estão presos como se estivessem lá com eles. Sintam a dor dos maltratados como se as dores fossem seu próprio corpo.

Que seja considerado como excelente o casamento e a cama que não tem manchas de pecado. Mas o que desprezam a vontade de Deus se entregando à prostituição e a traição, Deus os julgará.

Seja a vida de vocês sem miséria em compartilhar ou cobiça em querer ganhar demais. Contentem-se com o que podem ter, pois Deus é que garantiu que não nos deixaria sozinhos e nem desemparados. Com confiança digamos O SENHOR É QUEM CUIDA DE NÓS E POR ISSO NÃO PRECISAMOS TER MEDO DOS HOMENS.

Lembrem-se de seus pastores que ensinaram a Palavra de Deus e que serviram de modelo de fé e de maneira de viver.

Jesus é o mesmo sempre. Ontem, hoje e para sempre. Não sejam enganados com ensinos novos esquisitos e diferentes do que aprenderam, porque o coração de vocês precisa ficar forte no conhecimento da graça e não com regras de comida que não adiantam coisa alguma.

Nós temos um altar em que os que servem ao templo não tem direito de comer. Jesus sofreu fora do templo para santificar o povo com o seu sangue. Que a gente possa também sair pra fora das portas carregando em nosso modo de viver a sua vergonha. Não temos um lugar neste mundo pra chamar nosso, mas aguardamos o que está por vir. Sabendo disso que o nosso sacrifício seja de louvor, através do que podemos dizer com nossa boca que venha confessar o seu nome.

Não esqueçam da importância de fazer o bem e de falar de Deus, pois tudo isso agrada ao Senhor. Obedeçam seus pastores e os respeitem, pois eles tem a tarefa de cuidar da alma de vocês e darão contas a Deus por isso. Ajudem pra que eles possam fazer isso com alegria e não com dores, pois isso não ajudaria em nada.

Orem por nós que acreditamos ter uma boa consciência e por isso nos esforçamos pra viver de maneira honesta. Peço que orem insistentemente por isso pra ver se poderemos ser devolvidos a vocês no futuro.

E que o nosso Deus de paz, que pelo sangue da aliança eterna trouxe Jesus Cristo de entre os mortos (o grande pastor das ovelhas), possa aperfeiçoar cada um de vocês para fazerem a Sua Vontade, mexendo em você o que for agradável a Ele por Cristo Jesus (o que é digno de toda glória para sempre).

Aguentem as palavras duras que escrevi nesta carta resumidamente. Eu e o Timóteo já estamos soltos. Se ele vier depressa, verei se consigo ir até aí. Abraços a todos os líderes e todos os separados para Deus. Os irmãos da Itália também mandam abraços. A Graça seja com todos. Amém.

Por Ariovaldo Jr

COMPARTILHE: