Atos 8

29/03/2013

Um sujeito chamado Saulo (você vai entender quem é esse cara mais pra frente) fez parte do grupo que mobilizou o assassinato de Estevão. A perseguição naqueles dias se tornou tão dura em Jerusalém, que os seguidores de Jesus se esconderam nos arredores. Só ficaram os apóstolos mesmo.

Foi duro pra Igreja ter que enterrar Estevão. A galera chorou de verdade, pois era um grande homem de Deus.

Saulo tava fazendo força pra destruir a Igreja. Ele entrava na casa das pessoas e os arrastava como se fossem bicho para a cadeia.

Mas os que vazaram pros arredores de Jerusalém iam pregando por onde passavam. Inclusive Filipe foi pra uma cidade chamada Samaria (de onde vem os samaritanos) e pregou muito por lá. O povão ficou doido com os milagres que ele fazia. Foi motivo de muita alegria o que Deus fez ali.

Em Samaria havia um cara chamado Simão que era um mágico farsante (tipo o Criss Angel) que vivia de impressionar as pessoas com seus falsos poderes. Só que ele se converteu à fé em Jesus e foi batizado junto com muitos outros homens e mulheres.

Quando os apóstolos ficaram sabendo do tanto de gente que recebeu a mensagem de Cristo em Samaria, enviaram Pedro e João pra lá. Ao chegarem eles colocaram as mãos sobre as pessoas e oravam para que recebessem o Espírito Santo. Quando o Simão (que era mágico) viu aquele poder, perguntou quanto que eles cobrariam pra ensiná-lo a por a mão na cabeça dos outros pra distribuir poderes. E Pedro respondeu: "ENFIA SEU DINHEIRO NO SEU... bolso, pois as coisas de Deus não podem ser compradas. Você vai se perder com essa grana! Deu pra sacar que seu coração é torto e que não manja da Palavra de Deus. Se arrepende disso dom, e ora pra Deus perdoar esses seus pensamentos idiotas. Você é um invejoso que só sabe cobiçar o que é dos outros!". E Simão implorou pra que os apóstolos orassem por ele pra que nada dessas coisas fossem verdade.

Depois de terem confirmado os ensinamentos sobre Jesus naquela cidade, voltaram pra Jerusalém depois de terem anunciado a Cristo em várias cidadezinhas.

Naquele mesmo tempo um anjo de Deus apareceu pra Filipe e disse pra ele ir pra uma estrada que liga Jerusalém a Gaza. Obedecendo as instruções, foi. Lá viu um homem que era da Etiópia e que estava de passagem em uma carruagem. Ele era funcionário de Candace, rainha da Etiópia. E também era castrado (ou seja, sem testículos). Não sei que importância tem as bolas do cara com a história, mas é bom manter a ideia intacta pra nenhum crente extremista ficar de mimimi.

O Espírito Santo deu instruções pra Filipe correr próximo da carruagem. Quando chegou perto percebeu que o etíope tava lendo o livro de Isaías. Então perguntou: "Ô queridão! Você tá entendendo o que tá lendo aí?". E o etíope respondeu: "Pô mano, tô entendendo nada por falta de quem explique. Chega mais aí e me dá uma ajuda!"

O texto que estavam lendo dizia: "Foi levado como uma ovelha para ser morta. Assim como fica quietinha a ovelha quando é tosquiada, ele também não abriu a sua boca pra reclamar. Foi humilhado e encontrado correto demais para ser julgado. Mas não pode fazer uma árvore genealógica (CHUPAAAAA DAN BROWN!), pois sua vida foi tirada".

A dúvida do etíope era se o texto tava falando do próprio Isaías ou de algum outro profeta. Aí Filipe que não era bobo nem nada, nadou de braçada e explicou detalhadamente as coisas de Jesus. Quando passaram perto de uma poça d'água, o etíope perguntou se podia ser batizado. E Filipe respondeu: "Se você acredita de todo coração, te batizo agora!". E o etíope respondeu: "Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus."

Pararam a carruagem e entraram os dois na água. Assim o etíope foi batizado por Filipe, sem fazer curso de batismo de nenhuma espécie.

Quando saíram da água o Espírito Santo teletransportou Filipe pra cidade de Azoto, enquanto o etíope que assistiu tudo pirou o cabeção com o que havia visto.

Filipe foi percorrendo todas as cidades de Azoto até Cesaréia, sempre contando as boas notícias de Deus para os homens.

Ariovaldo Jr - contato@bibliafreestyle.com.br

COMPARTILHE: