Atos 5

26/03/2013

Inspirados pelo que Barnabé fez (não sabe o que ele fez? leia o capítulo anterior!), um casal chamado Ananias e Safira resolveu posar de gostosos na frente da Igreja. Então venderam uma propriedade pra doar, mas guardaram metade pra si.

Quando chegaram pra dar a grana, Pedro virou e disse: "Ô Ananias, nego véio. Achou mesmo que você poderia mentir pro Espírito Santo guardando metade da grana só pra você e posando de que tá doando tudo? Seu coração virou uma COHAB de capeta heim! Você não tá mentindo pra gente, mas pra Deus. Era tudo seu mesmo, ninguém pediu pra você vender nada!"

E na mesma hora Ananias caiu duro, mortinho da silva. E todo mundo que assistiu aquilo quase borrou a cueca de medo.

Aí veio aquela turma show de bola da limpeza da Igreja (os diáconos) e já tiraram aquele cadáver do caminho pra não atrapalhar a liturgia. E enterraram Ananias no quintal.

Algumas horas depois chega Safira na Igreja, sem saber o que tinha rolado. Aí Pedro perguntou: "Ô dona Safira! Me conta aí... por quanto vocês venderam aquela propriedade lá?". E ela confirmou a mentira do finado marido. E Pedro respondeu: "Você é do time do seu marido mesmo heim... como vocês armaram pra tentar enganar o Espírito de Deus, seu marido já empacotou, e a próxima vai ser você! MORRE DIABO!!!!" (tá, Pedro não falou "morre diabo", mas deixa passar por licença poética). E a mulher caiu morta na frente de todo mundo. Rapidamente os diáconos correram enterrar a mulher ao lado do marido. E a Igreja inteira tinha um respeito danado com as coisas de Deus.

Muitas coisas poderosas eram feitas pela mão dos apóstolos e os que abraçaram a fé se reuniam direto numa das portas do templo chamada Alpendre de Salomão. Mesmo os que não queriam fazer parte do grupo, ainda sim os respeitavam pra caramba. Não tinha ninguém fazendo protesto do tipo "FORA JESUS" ou "SIMÃO PEDRO E SUA TURMA NÃO ME REPRESENTA". Pelo contrário, a Igreja só crescia em respeito e numericamente.

O povo colocava os doentes nas calçadas pra que quando Pedro passasse, sua sombra curasse as pessoas. Não tinha que pagar nada e nem fazer nenhum parangolé místico. Era o poder de Deus mesmo. Todos os doentes e encapetados eram curados.

Como os sacerdotes do velho sistema perceberam que a coisa tava dando IBOPE, mandaram prender alguns apóstolos. Mas no meio da noite um anjo veio e abriu as portas da prisão, dizendo pra eles fugirem e continuarem ensinando no templo.

Quando no dia seguinte os sacerdotes viram os presos pregando lá na rua, correram pra ver porque tinham os soltado. Mas a cadeia tava toda fechada, com os guardas do lado de fora montando guarda e jurando que eles ainda estavam lá dentro. Aí se borraram de medo e foram pedir educadamente pros discípulos de Jesus e apresentarem pra prestar satisfações.

Os religiosos perguntaram por que insistiam em ensinar aquelas coisas se já tinham sido advertidos de que estava proibido falar de Jesus. Mas Pedro respondeu: "Mais importante do que obedecer qualquer homem é obedecer a Deus. Jesus tá vivo porque Deus o ressuscitou mesmo vocês tendo caprichado no assassinato. Ele está à direita de Deus e nos enviou pra falar de arrependimento para perdão de pecados. Enviou a nós e ao Espírito Santo!"

Aí os velhos ficaram bravos, porque acharam muito desaforo os caras argumentarem com a suposta "autoridade religiosa".

Mas um doutor da lei chamado Gamaliel, que era sábio e muito respeitado pelo povo, puxou os velhos pro canto e disse: "Gente... deixa esses caras pra lá. Não é a primeira vez que aparece gente fazendo barulho, mas se isso aí não é de Deus, então vai passar rapidão. Mas se for de Deus, melhor a gente não ir contra pra não corrermos o risco de combatermos as coisas dEle!" (igualzinho a Bíblia Freestyle, né?).

Então deram umas chicotadas nos apóstolos pra ver se eles mudavam de ideia e os soltaram avisando que não era mais pra falarem de Jesus. Só que eles ficaram super felizes de terem sido dignos de apanhar por causa do nome de Jesus.

E continuaram ensinando pra valer em todos os lugares a Jesus Cristo.

Ariovaldo Jr - contato@bibliafreestyle.com.br

COMPARTILHE: