Atos 26

17/04/2013

Diante do interrogatório de Agripa, permitiram que Paulo se defendesse. E ele disse: "Fico feliz de poder falar em minha defesa. Tô ligado que você conhece as tradições dos judeus e por isso peço paciência pra ouvir meu ponto de vista".

"Todos aqui sabem que desde que eu era moleque fui educado como fariseu, que é a linha teológica mais rígida. Agora estou sendo julgado porque acredito nas promessas que foram feitas aos nossos antepassados. Engraçado é que nossos antepassados viveram na mesma esperança! Mas agora tão querendo me ferrar porque eu afirmei que Deus vai ressuscitar os mortos."

"Antigamente eu achava que combatendo o ensino do tal de Jesus, eu estaria fazendo um favor a Deus. E por isso dediquei minha vida a prender os cristãos, e inclusive concordei em matarem alguns. Eu os torturei e os obriguei a blasfemarem. Perseguia essa gente até em outras cidades."

"Mas aí enquanto eu viajava pra Damasco, uma luz do céu mais forte do que o sol veio e cercou a mim e aos outros que estavam comigo. Eu desabei no chão naquela hora, e houve uma voz que me dizia ser Jesus e que eu seria aquele que contaria as coisas que Ele mesmo queria ensinar. Ele me enviou pra abrir os olhos do povo, tirar essa gente do escuro e libertar esse povo do poder do diabo. Ele me mandou falar sobre perdão de pecados e sobre o como tem preparado coisas boas pra quem crê nele."

"Então Agripa, entenda que eu tô sendo obediente à visão que tive. E vim falando tudo isso em todos os lugares que passei. Inclusive pros pagãos, pra que consertassem suas vidas e vivessem de maneira a digna."

"Os judeus ficaram putos com isso e tão querendo me matar. Mas eu continuo aqui, sendo socorrido por Deus na hora do aperto, contando quanto aos pequenos quanto aos importantes a mesma coisa que Moisés disse que haveria de acontecer. Estou contando que o Cristo tinha que sofrer e que seria o primeiro a ressuscitar. É isso que eu ensino a judeus e a pagãos!"

Aí Festo gritou: "CE TÁ FICANDO LOUCO, PAULO? O EXCESSO DE CONHECIMENTO TÁ TE FAZENDO DELIRAR!". E Paulo respondeu: "Tô delirando não dom. Eu sei o que estou falando e confirmo em juízo meu depoimento. Agripa conhece essas coisas que eu estou falando, pois tudo isso aconteceu publicamente. Tô ligado que você crê nos profetas né Agripa?".

E Agripa respondeu: "Vixiii Paulo! Mais um pouco e você me convence a virar cristão!". Paulo completou: "Quisera Deus que todos vocês que me ouvem se convencessem da verdade assim como eu estou convencido."

Terminou então a sessão e saíram todos dali perturbados, pois não conseguiam encontrar em Paulo nada que fosse suficiente para condená-lo. E Agripa comentou com Festo que se Paulo não tivesse apelado para César, ainda havia esperança de soltá-lo.

Ariovaldo Jr - contato@bibliafreestyle.com.br

COMPARTILHE: