Atos 17

08/04/2013

Depois de passarem em vários lugares, chegaram em um templo dos judeus na cidade de Tessalônica. Como Paulo gostava de um bate-boca, ia pro templo todos os sábados para disputar com eles quem manjava mais das Escrituras. E ele era realmente bom no que fazia. Mostrava com clareza que era necessário que o Cristo sofresse pra caramba e ressucitasse. E explicava que Jesus era o Cristo.

Muita gente se converteu naqueles dias. Não apenas judeus, mas também gregos e umas mulheres de gente importante. Só que os judeus que nem eram religiosos de verdade ficaram tão cheios de inveja que fizeram um alvoroço no meio do povo pra que prendessem os cristãos. E entram numa casa procurando pelos discípulos de Jesus, mas como não os acharam, pegaram o dono da casa mesmo (que tinha se tornado cristão).

Então o levaram pra presença dos juízes, e diziam: "Esses caras que estão virando o mundo de cabeça pra baixo chegaram aqui também! Estavam hospedados na casa desse homem aqui! E eles estão dizendo que Jesus é mais rei do que César". Porém depois de interrogá-lo, os juízes resolveram deixar ele ir.

Rapidamente os irmãos ali mobilizaram a correria pra mandar Paulo, Barnabé e Silas pra cidade de Beréia. Chegando lá, os dois foram pro templo dos judeus, como era costume. Mas lá a coisa foi completamente diferente. O povo de Beréia era muito sensato, e ouviram as palavras dos dois com muita atenção. Depois confirmavam nas Escrituras se realmente fazia sentido o que estava sendo dito. Quando perceberam que realmente aquilo tudo estava certo, muitas pessoas abraçaram a fé em Jesus. Inclusive homens e mulheres das classes sociais mais elevadas. Só que como os chatos de Tessalônica ficaram sabendo disso, foram pra lá pra armar um barraco também.

Como os irmãos em Beréia eram rápidos, despacharam Paulo para Atenas, enquanto Silas e Timóteo esperavam o dia seguinte pra irem também. Mas como Paulo ficou incomodado com a idolatria naquela cidade, ia pros templos discutir com os judeus e religiosos. Quando não tava no templo, discutia na praça com quem aparecesse pra debater.

Alguns filósofos apareceram pra debater com ele e diziam: "O que esse tagarela está dizendo? Parece que ensina coisas sobre deuses estranhos". Diziam isso porque ele falava sobre Jesus e a ressurreição. Então levaram Paulo pra uma arena onde rolava debates o tempo todo e disseram a ele: "Explica aí pra todo mundo que doutrina é essa que você tá falando!". O povo da cidade ficava alvoroçado toda vez que surgia algum assunto novo.

Então Paulo se levantou na arena, tomou a palavra e disse: "Atenienses! Já saquei de longe que vocês são bem supersticiosos. Vocês tem um templo que na fachada tá escrito AO DEUS DESCONHECIDO. Pois é exatamente esse aí que vocês quiseram agradar sem conhecer que eu vim falar. O mundo inteiro foi feito por Ele. Ele é Senhor de tudo e não mora em templos feitos pelo homem. Ele não precisa de nada que façamos, pois ele é que nos dá vida e todas as coisas. De uma única pessoa fez todos os homens para que ocupassem a Terra e que o buscassem do jeito que podem, mesmo estando tão perto e não sendo sempre percebido. Nós existimos, vivemos e nos movemos nele, bem como disseram alguns poetas de vocês."

"Deus tá deixando pra lá o tempo em que vocês viveram na ignorância, e manda dizer a todos os homens que eles devem se arrepender da vida que levavam. Pois o dia em que ele virá com justiça julgar o mundo pela mão do homem que preparou pra isso já está marcado. Pra confirmar que este homem era O CARA, o ressuscitou depois de ter morrido".

Aí a galera se dividiu, pois alguns acharam que aquilo era muita loucura. Por fim alguns pediram pra ele voltar em outro dia e falar mais sobre o assunto. E Paulo vazou da arena.

Mas alguns homens e mulheres creram e foram conversar com ele pessoalmente.

Ariovaldo Jr - contato@bibliafreestyle.com.br

COMPARTILHE: