Atos 14

05/04/2013

Numa cidade chamada Icônico eles mandaram uma letra no templo dos judeus e um montão de gente se converteu. Tinha até uns gregos no meio! Só que os judeus saíram denegrindo a imagem dos irmãos, tentando fazer com que os pagãos dali não os ouvissem. Por fim eles ficaram um tempão ali mandando ideias firmeza a respeito das coisas de Deus. Inclusive tudo que falavam era comprovado com os milagres que rolavam.

Por fim a cidade tava dividida. Tinha gente que amava os apóstolos, mas outros os odiavam. Como o negócio tava quase virando briga de torcida organizada, eles acharam melhor vazar de lá antes que levassem alguma pedrada. Foram pra cidades de Licaônia e arredores para ensinar o Evangelho.

Esbarraram num homem que nasceu com um pé defeituoso e nunca havia andando direito. Aí Paulo deu aquela olhada bem na cara do sujeito e disse: "Firma o semblante aí dom! Fica em pé!". E o cara se levantou curado na mesma hora. Quando o povão viu o que aconteceu ali, quiseram adorar aos dois discípulos, como se Barnabé fosse o deus Júpiter e Paulo fosse Mercúrio. Até os sacerdotes desses deuses ridículos foram lá pra babar ovo pros dois. Mas quando os discípulos perceberam a palhaçada, rasgaram suas roupas (que era entendido como um sinal de profunda decepção na época) e deram um pulo na frente do povão dizendo: "VOCÊS FUMARAM ALGUMA COISA ESTRAGADA? Nós somos homens iguais a vocês! Sofremos as mesmas dores de barriga de caganeira que qualquer homem sofre. Viemos aqui pra avisá-los que devem se converter dessa vida sem sentido e que conheçam o Deus vivo que fez tudo que existe! Ele deixou vocês viverem do jeito que queriam, mas fez questão de deixar claro que cuidaria de vocês em todo o tempo."

Com muito sacrifício conseguiram convencer a galera a não fazerem sacrifícios como se eles fossem algum tipo de deus.

Mas como gente chata é igual mosquito (tem em tudo lugar), já apareceram uns judeus de Antioquia e Icônio para apedrejarem a Paulo. E apedrejaram mesmo! Com pedras de verdade! Por fim o arrastaram pra fora e o jogaram num canto, pensando que ele estava morto.

Os demais discípulos foram lá pra buscá-lo, e Paulo se levantou como se nada tivesse acontecido. Levantou, sacudiu a poeira e deu a volta por cima. No dia seguinte já tava de novo ensinando e fazendo muitos discípulos.

Voltaram depois pra Listra, Icônio e Antioquia pra animar os manos de lá a ficarem firmes, ensinando a eles que não era pra se preocuparem com o sofrimento e a perseguição, pois o que importa mesmo nessa vida é entrar no Reino de Deus.

Em cada Igreja que passaram, os irmãos elegeram um conselho de pessoas mais experientes para governar, orando e jejuando para que Deus fizesse dessas pessoas bons representantes.

Então foram viajando por várias cidades na região, sempre contando em todos os lugares as grandes coisas que Deus havia feito através da vida deles para alcançar os que eram chamados de pagãos.

Acabaram ficando muito tempo com os discípulos dessa região. Porque pressa é bobagem!

Ariovaldo Jr - contato@bibliafreestyle.com.br

COMPARTILHE: