Atos 10

01/04/2013

Na cidade de Cesaréia morava um soldado a serviço do exército italiano chamado Cornélio que não era da linhagem religiosa aceitável. Mas embora não tivesse pedigree, ele era um homem íntegro e que além de ser muito generoso em ajudar os outros, também orava a Deus todos os dias.

Esse cara teve uma visão bem na hora que começa a Sessão da Tarde. Um anjo apareceu e disse: "Cornélio, mano velho!". E ele se borrando todo questionou o que o Senhor estava querendo com ele. E o anjo disse: "Suas orações e sua generosidade foram lembradas por Deus! Faz o seguinte: manda seu office boy buscar um cara chamado Simão Pedro na casa de um especialista em couro chamado Simão também. A casa dele fica na Avenida Beira-mar. Escuta esse sujeito que ele vai te dizer o que você precisa fazer."

Assim que o anjo vazou, Cornélio chamou dois de seus office boys mais confiáveis e os enviou pra buscar Pedro.

Enquanto isso, Pedro tava exatamente lá onde o anjo disse que estaria. Ele havia subido no terraço da casa pra orar sossegado e ele foi levado a uma espécie de transe. Viu o céu aberto e descendo segurado pelas pontas uma toalha de picnic. Em cima da toalha tinha bacon, feijoada, torresmo e outras iguarias que os judeus não comiam pois eram proibidos pela lei religiosa do Antigo Testamento. E uma voz disse: "Pedrão, bate um rango aí. Pode comer!". Mas Pedro respondeu: "Nem a pau Senhor, porque eu nunca comi nada impuro segundo a nossa lei religiosa!". E a voz respondeu: "Não chame de impuro aquilo que Deus purificou". E essa situação se repetiu por três vezes.

Quando Pedro voltou a si, ficou encucado com o que diabos isso deveria significar. Naquela mesma hora chegaram os office boys do Cornélio para procurá-lo. E o Espírito Santo falou na hora pra Pedro que ele deveria ir com aquela galera sem pedigree religioso. E ele foi.

Chegando lá, Cornélio pulou nos pés de Pedro de joelhos e tomou uma bronca por isso. Ele disse: "LEVANTA RAPÁ! EU SOU APENAS UM HOMEM!" (bem diferente de muito homem que se diz "de Deus" hoje em dia, né?). Cornélio levantou e explicou detalhadamente tudo que havia acontecido e porque o havia chamado. Inclusive haviam várias pessoas na casa, os mais chegados de Cornélio, que não queria a benção de Deus só pra si.

E Pedro disse: "Rapaz... Deus escolheu um povo específico no mundo pra ser o seu representante. Mas eu tenho que reconhecer que Deus não despreza ninguém de nenhum lugar. Ele se agrada de quem o respeita e busca a sua justiça". Então explicou detalhadamente a história de Jesus e sobre como ele havia sido enviado para morrer pelos pecados de toda a humanidade, ressuscitando dois dias depois e sendo o juíz dos vivos e dos mortos. Também explicou sobre como todos os profetas na verdade estavam falando de Jesus.

Enquanto ainda explicava essas coisas, o Espírito Santo veio fortemente sobre todos que estavam ali presentes. Inclusive Cornélio e os demais que não tinham pedigree. Pedro e os outros judeus ficaram surpresos, pois achavam que apenas os judeus é que poderiam receber tamanho favor.

Aí caiu a ficha de Pedro. Percebendo que todos adoravam a Deus de maneira sobrenatural, concluíu que não poderia recusar-se de batizar aquelas pessoas.

Então foram batizados no nome de Jesus. E todos insistiram para que ficasse com eles alguns dias.

Ariovaldo Jr - contato@bibliafreestyle.com.br

COMPARTILHE: